domingo, agosto 27, 2006

Web Applications

Outro grande movimento da Web 2.0 são os aplicativos online. Esta tendência é uma das principais revoluções da internet para os próximos anos, algo que até a Microsoft está temendo e, se não fizer algo rápido para se precaver, pode estar com seus dias de dominância contados.

O Google, que é a principal referência de novidades e tendências na internet atual, já está mais do que se preparando para esta nova força que está surgindo, e deve usar estas ferramentas como uma das principais armas em sua luta contra a Microsoft.

Na Web 2.0 os aplicativos que você constuma utilizar vão sair do seu computador para ficarem online, assim como tudo o que você cria com eles. Não entendeu? Vamos à prática.

Edição de textos:
Um dos primeiros programas a serem instalados em um computador é um editor de texto, geralmente o Microsoft Word. E se a partir de agora você não precisar mais instalar ele?
Não precisa.



O Google comprou recentemente um dos primeiros editores de texto online que surgiram, o Writely, e como sabemos, quando o Google compra algo é porque daqui a pouco vai valer muito.

Esse programa tem as funções básicas de um editor de textos comum, ainda sem grandes recursos, mas você pode ter certeza que em breve ele estará completo.





Outra empresa que tem trabalhado muito nos aplicativos da web é a Zoho. O editor de textos deles também é muito bom e já tem mais funções do que o Writely.



Editor de planilhas:

Com certeza um dos tipos de programas mais usados no mundo, dominado pelo Microsoft Excel, o editor de planilhas foi o segundo tipo de aplicativo na web a surgir, protagonizado novamente pelo Google e a Zoho.



O Google Spreadsheets ainda está um pouco cru, pois estamos falando de um tipo de programa que tem uma infinidade de funções, e o Google ainda não conseguiu implantar a maioria. Está ótimo para quem precisa de um editor simples, mas ainda não aguenta funcionalidades muito complexas.






O Zoho Sheet conseguiu ir um pouco mais longe e manteve sua característica de ser bem similar aos programas da Microsoft, o que pode ajudar a usabilidade para quem já está abituado ao Excel.
Assim como o Google Spreadsheets, ainda precisa ser mais desenvolvido para realmente poder tomar o lugar do Excel.




Editor de apresentações:

Neste ponto o Google ficou pra trás, pois a Zoho já lançou seu Zoho Show, que substitui bem o Powerpoint e pode ser uma mão na roda pra quem precisa fazer uma apresentação, mas está sem os recursos para isso.





Pronto, só aqui já temos um Pacote Office básico, como se fosse uma versão "lite", de graça pra ser acessado de qualquer lugar do planeta, onde você pode deixar todos os seus arquivos gravados também. Precisando de um convite pra entrar em algum deles, deixa um comment que eu envio.

Agora me fala, o que a Microsoft está fazendo à respeito!?

2 comentários:

disse...

O que a Microsoft está fazendo?

Está se cagando... hahaha

Não é a toa que o Bill Gates anunciou seu afastamento da companhia.

Cesar Oliveira disse...

Olá, boa noite,

Realmente estas enovações são fantásticas.
Sem duvida que as aplicações web são o futuro.

Um abraço
César Oliveira
http://www.profissionalweb.net/blog/